Notebooks poderão ser carregados durante a digitação


Tecnologia usa cristais de piezoeléctricos para transformar energia mecânica aplicada nas teclas em energia elétrica.

Pesquisadores da Universidade RMIT, na Austrália, estudam uma tecnologia que permitirá que notebooks e netbooks sejam carregados durante a digitação. A ideia é fazer com que a energia mecânica gerada ao teclarmos se transforme em eletricidade, fornecendo alimentação para a bateria dos computadores portáteis.

 

image

 

O funcionamento do mecanismo seria semelhante aos isqueiros elétricos, os quais usam cristais piezoeléctricos (que geram campos elétricos quando submetidos a pressões) para criar a chama. Com uma película fina o suficiente para ser acoplada aos teclados dos gadgets, seria possível transformas a pressão das teclas em pequenos campos elétricos que somados poderiam carregar o dispositivo.

“O poder dos piezoeléctricos poderia ser integrado em tênis de corrida para carregar telefones celulares, habilitar laptops para serem alimentados por meio da digitação ou mesmo usado para converter a pressão arterial em uma fonte de energia para marca-passos”, comentou o Dr. Madhu Bhaskaran, coautor da pesquisa.

Ainda não existe uma previsão para a implementação da tecnologia nos gadgets comercializados. O custo de produção dos mecanismos necessários para viabilizar o carregamento pela digitação ainda é muito alto.

About Nelsonmassa

Blogueiro, DJ, Gamer :D

Posted on Julho 22, 2011, in Computadores, tablets. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: